• Diego Spinelli

Usain Bolt e Simetria - Por Tom Myers

Atualizado: 18 de Ago de 2019


Tom Myers é um dos maiores estudiosos da fáscia pelo mundo e percursor desse conceito utilizados por anos, perceba sua humildade em seu discurso e mudança de mentalidade quando se pensa no corpo e sistema de movimento, postura e outros. Vejamos o que ele nos diz ....


Na semana passada eu tive um grupo de profissionais do movimento de forma intensiva, e notei novamente o quanto as pessoas estão “viciadas” na droga da simetria. Muitos praticantes de yoga e pilates, e muitas vezes dançarinos, se colocam automaticamente em posições simétricas para movimentos como Cobra, Plough, Plank e outros.

Se eu tivesse uma aula cheia de bebês, não veria isso. Os bebês naturalmente vão para uma perna engatilhada, a outra para a frente. Eles raramente saem simetricamente. Mesmo com os braços do bebê. Mesmo com um cavalo, mas nós, os trabalhadores do corpo (eu me declaro culpado), cultuamos este altar de simetria - para aliviar a dor, para melhorar o desempenho, começamos com: “Bem, o seu ombro esquerdo é muito maior do que o seu direito…”

Portanto, considere as evidências: o homem mais rápido do mundo tem escoliose, uma rotação da coluna que então afeta a pélvis, de modo que ele tenha uma "manqueira" ou assimetria entre o comprimento da perna esquerda e direita, e a passada e o tempo de contato com o solo.

Tenho notado, ao longo da minha longa carreira, que os melhores atletas estão muitas vezes, trabalhando "contra a montanha" contra anomalias e desequilíbrios estruturais - e, no entanto, são excelentes. Algumas pessoas analisaram essa evidência e concluíram que o modelo estrutural é inadequado e que a postura e a dor não estão relacionadas.

A realidade é mais complexa que isso. Usain - e o resto de nós que nos movemos, se não formos tão rápidos - fez bom uso de sua assimetria, obviamente. Ele é um exemplo, na frase de Judith Aston, da "apropriação criativa da limitação". Todos nós fazemos isso, faz parte do sistema cibernético neuromiofascascial subjacente.


“Subjacente” porque muitas vezes não estamos cientes disso; isso acontece abaixo da nossa percepção consciente. Para sentir isso, feche os olhos e toque a ponta do nariz com o dedo. Faça isso de novo, e desta vez assista ao processo de como seu cérebro usa a cinestesia - seu senso de movimento - para continuar refinando seu movimento ao abordar o acoplamento naso-digital.

Você notará que seu dedo é guiado em um zigue-zague cada vez mais estreito em direção ao alvo - essa é a parte cibernética. Tudo está acontecendo no nível mais baixo do cérebro e da medula espinhal, com apenas uma pequena entrada inicial de cima. Os sistemas de feedback mantêm o movimento dentro das "margens dos rios" cada vez mais estreitos até que o movimento seja bem-sucedido.

Os jogadores de dardos vão para aquela recriação “perfeita” do arremesso de cada vez - e até mesmo eles mostraram usar caminhos diferentes todas as vezes.

Você - e todos ao seu redor - são uma máquina prática de "otimização de movimentos". Essa capacidade de refinar constantemente a eficiência de nossos padrões de movimento é a real inteligência cinestésica (IC) que faz do movimento um tipo diferente de sentido, do que ver ou ouvir. Nós vivemos nele, nadamos nele; estamos constantemente aprendendo e reaprendendo.

Então, como é que todos nós não temos um movimento ideal? Pela simples razão de que nos esquecemos, caiamos em padrões de movimento que usam apenas uma pequena parte de nossa “kinesfera” e, infelizmente, “o que você não usa, você perde” se aplica também ao sentido do corpo e ao movimento do corpo.

Pare de se preocupar com seus desequilíbrios estruturais e apenas melhore seus talentos e habilidades. Você pode superar - e até lucrar com - suas assimetrias e desequilíbrios.


Espere um minuto! - Você é um trabalhador estrutural e está dizendo isso? Sim, eu sou. Eu tenho muito trabalho a fazer no mundo para manter as pessoas em movimento e restaurar seus movimentos. É um bom trabalho e funciona bem também.

Mas o yogi (praticante de yoga) que quer eu fique atrás de suas anomalias remanescentes, tentando forçar seu corpo a um ideal yogi, vai me encontrar tomando partido de seu corpo, não de sua construção mental de como seu corpo "deveria" ser.

O corpo tem uma sabedoria além da nossa mente, e isso deve ser ouvido e falado.

Artigo original aqui: https://bit.ly/2rcnk23

#treinamento #postura #movimento #funcional #mobilidade

189 visualizações
  • facebook-performancefuncional
  • youtube-performancefuncional
  • instagram-performancefuncional

Rio de Janeiro/RJ

+55 (021)